Twitter

domingo, 19 de maio de 2013

Cada Um Com Seu Cinema (2007) - Lars von Trier

Cada Um Com Seu Cinema - Legendado (Avi)


Sinopse: Um filme absolutamente único, realizado por ocasião dos 60 anos do Festival de Cannes, o festival de cinema mais importante do mundo, reúne o modo como 33 cineastas de 25 países olham o cinema e as salas de cinema, lugar de comunhão dos cinéfilos do mundo inteiro. Objeto cinematográfico imperdível, autêntico compêndio do estado do mundo do cinema e das singularidade de cada cineasta.















Ficha do Filme
Título no Brasil:  Cada um com seu Cinema
Título Original:  Chacun son cinéma / Chacun son cinéma ou Ce petit coup au coeur quand la lumière s'éteint et que le film commence
País de Origem:  França
Gênero:  Drama
Classificação etária: 16 anos
Tempo de Duração: 119 minutos
Ano de Lançamento:  2007
Estréia no Brasil: 14/03/2008
Direção:  Theodoros Angelopoulos / Olivier Assayas

Dados do Arquivo:
Relesase: CHACUN.SON.CINEMA.2007.DVDRip.AC3.XviD.CD1.PORT
Tamanho: 1,4 Gb
Formato: Avi
Codec de Vídeo: XviD
Áudio: Inglês
Codec de Áudio: AC3
Legendas: Português
Quantidade: 2 CDs

BAIXAR FILME CD1 (Breve)          
LEGENDA (Breve)                    

BAIXAR FILME CD2 (Breve)                
LEGENDA (Breve)               

Elenco:
George Babluani (segmento Recrudescense)
Lionel Dray (segmento Recrudescense)
Grant Heslov (segmento World Cinema)
Brooke Smith (segmento World Cinema)
Antoine Chappey (Secretário de Khrouchtchev - segmento Rencontre Unique)
Duarte de Almeida (Papa João XXIII - segmento Rencontre Unique)
Michel Piccoli (Nikita Khrouchtchev - segmento Rencontre Unique)
Takeshi Kitano (segmento Rencontre Unique)
Farini Cheung (segmento I Travelled 9000 km to Give it to You)

Curiosidades
- Cada Um Com Seu Cinema foi encomendado por Gilles Jacob, presidente do Festival de Cannes, para a comemoração do 60º aniversário do evento;

- Este é o 2º de três filmes em que os irmãos Coen e Josh Brolin trabalharam juntos. Os demais foram Onde os Fracos Não Têm Vez (2007) e Bravura Indômita (2010);

- Exibido no Festival do Rio 2007.


Nenhum comentário:

Postar um comentário